EZTEC - Relações com Investidores Mobile

EZTEC anuncia Prévia dos Resultados Operacionais do 3T17



Vendas líquidas atingem R$ 715 milhões no trimestre com

a venda da Torre B do EZ Towers
Vendas Líquidas, ex-Torre B, apresentam melhor resultado em 7 trimestres

São Paulo, 17 de outubro de 2017 - A EZTEC S.A. (BOVESPA: EZTC3; Bloomberg; EZTC3:BZ), anuncia a prévia dos resultados operacionais do terceiro trimestre de 2017 (3T17). Os resultados aqui apresentados são gerenciais e estão sujeitos à revisão da auditoria externa. Os resultados do 3T17 têm divulgação programada para 09 de novembro de 2017, após o fechamento do mercado.

Venda da Torre B do Projeto Corporativo EZ TOWERS

No dia 21 de setembro de 2017, a EZTEC e a Brookfield anunciaram o compromisso de alienação e aquisição da Torre B do projeto EZ Towers, pelo valor de R$650 milhões. Junto à venda da Torre A, em 2013, trata-se da maior operação da história da Companhia. Foi assinado o contrato no dia 21 de setembro e totalizado o pagamento do preço ajustado, nas bases do contrato, no dia 27 do mesmo mês, portanto representando geração de caixa ainda no 3T17.

A Torre B do EZ Towers teve seu Habite-se definitivo obtido no mês de outubro de 2017, contando com 26 pavimentos de lajes corporativas, medindo de 1.630m2 a 1.869m2, para uma área BOMA total de 47.000m2. Desde então, concomitantemente às negociações de venda, iniciadas em 2016, a EZTEC aprofundou esforços pela locação da torre, alcançando 68,5% de área locada, embora sem efeito caixa anterior à venda.

No terceiro trimestre a EZTEC realizou o seu segundo lançamento do ano, o In Design Liberdade: empreendimento residencial voltado para o segmento de média-alta renda, localizado na Liberdade, Zona Sul de São Paulo, com 114 unidades e VGV de R$67,8 milhões.

Este lançamento se enquadra no perfil dos lançamentos que a EZTEC vem praticando desde 2015: [i] empreendimentos direcionados para os segmentos de média-alta e alta renda, uma vez que esses mostram maior resiliência em período cuja renda e crédito imobiliário estão reduzidos; [ii] empreendimentos bem localizados dentro da Cidade de São Paulo, e [iii] empreendimentos de menor quantidade de unidades, de tal maneira que o risco associado aos lançamentos seja diluído. Dentro desse perfil, o In Design Liberdade foi lançado em agosto e já demonstra velocidade de venda adequada, estando 32% vendido ao fim do trimestre.

Além dos empreendimentos lançados no 3T17, a EZTEC adquiriu, via aumento de participação societária, o adicional de 13,75% no empreendimento Jardins do Brasil, em Osasco - composto de 4 fases residenciais (trê das quais já entregues) e uma fase comercial já entregue, além de uma fase residencial a ser lançada no futuro - perfazendo uma participação total de 41,25%. Adquiriu também 15% de participação nos projetos Parque e Bosque Ventura, em Guarulhos, chegando ao total de 85%. Com essa última aquisição, a EZTEC também passa a deter controle sobre os projetos, de tal maneira que o Parque e Bosque Ventura adquirem status de consolidados - seu resultado, portanto, deixará de transitar na linha de equivalência patrimonial. Vale constar que, no momento da aquisição, o Jardins do Brasil, o Bosque e o Parque Ventura encontravam-se 71%, 91% e 71% vendidos, respectivamente. Considerando a adição de receita a ser reconhecida, de recebíveis provenientes das unidades já comercializadas, assim como o valor das unidades ainda a comercializar, o impacto agregado dessas aquisições contribui com R$ 75 milhões aos lançamentos do trimestre. Por fim, considerando os R$650 milhões referentes a Torre B do empreendimento EZ Towers, a Companhia lançou R$ 793 milhões no terceiro trimestre de 2017.

Vendas e Distratos

Mesmo desconsiderando a venda da Torre B do EZ Towers, a EZTEC apresentou no 3T17 aceleração em vendas líquidas, atingindo a melhor marca em sete trimestres, finalizando com R$ 65 milhões (ou R$ 715 milhões incluindo a Torre B).

Para a compreensão desse resultado, formado por vendas brutas de R$ 815 milhões e distratos de R$ 100 milhões, é valido destacar que o montante de vendas brutas ex-Torre B, apresentou um ligeiro incremento em relação ao trimestre anterior, manifestando uma leve melhora no cenário econômico do país. Destaques de vendas incluem o empreendimento Jardins do Brasil, em Osasco, que já vinha apresentado boa velocidade de
vendas no 2T17, acelerando ainda mais no 3T17 (98 unidades vendidas, contra 66 no 2T17). No segmento comercial, além da Torre B, tivemos vendas no projeto EZ Mark, localizado na Zona Sul de São Paulo, após longo período sem nenhuma comercialização. Por fim, deve-se mencionar o impacto das aquisições de participação já citadas anteriormente: embora tenham sido assinadas ao fim de setembro, a EZTEC detém o direito sobre os fluxos de caixa ainda não recebidos das unidades vendidas em todo o 3T17 - já podendo-se adotar, na prática, o atual percentual de participação nas vendas do trimestre. Ao retroagir o incremento na participação, portanto, adiciona-se R$5,5 milhões às vendas líquidas (já inclusos nos valores de vendas citados acima).

Em relação aos distratos, a despeito do elevado volume de entregas nos últimos trimestres, houve uma redução dos cancelamentos. Uma maneira de se metrificar a incidência relativa do distrato é através da razão entre o valor distratado em um trimestre e a base de VGV entregue (e já vendido) do trimestre anterior: essa razão recuou de 49% no 2T17 para 36% no 3T17. Parte desta redução pode ser atribuída à taxa de juros no repasse,
mais atrativa, oferecida por bancos privados neste período - a redução veio a tempo de ser aplicada na entrega das terceira e quarta fases do empreendimento Cidade Maia (mega-projeto de R$1 bilhão de VGV). Deve-se mencionar também a relevância do financiamento direto oferecido ao cliente com taxas a partir de 10%+IGP-DI e com prazo de até 20 anos na tabela SAC.

Entregas

No terceiro trimestre de 2017, a EZTEC realizou a entrega de 4 projetos na cidade de São Paulo: o Magnífico Mooca, as fases Giardino e Palazzo do empreendimento San Felipe e o Legittimo Santana. Estes consistem, respectivamente, de 162, 104, 48 e 70 unidades (com VGV de lançamento de R$ 47,9 milhões, R$ 90,3 milhões,R$45,6 milhões e 49,8 milhões, parte EZTEC). Em uma média ponderada por seus VGVs (parte EZTEC), esses empreendimentos se encontram 59% vendidos. Para o último trimestre do ano, estão planejadas entregas de mais 3 empreendimentos.

Para maiores informações e para visualização do documento na íntegra, clique aqui.


Fale com RI

Telefone: +55 11 5056 8313
E-mail: ri@eztec.com.br